facebookyoutube

O Instituto de Matemática da UFRJ (IM-UFRJ) foi criado em 1964 ainda como parte da Universidade do Brasil sendo originário da antiga Faculdade Nacional de Filosofia. Nestes mais de 35 anos de existência o IM-UFRJ passou por várias reestruturações e está em constante evolução tendo em vista atender às crescentes necessidades e desafios da Ciência e Tecnologia no Brasil. Atualmente o IM-UFRJ mantém 6 cursos de graduação (licenciatura e bacharelado de Matemática, Estatística, Atuária, Informática e Matemática Aplicada) e 4 programas de pós-graduação, com notada ênfase em pesquisa matemática e formação de Mestres e Doutores Pesquisadores. Muitos dos quais se encontram ativos em várias das IES do Brasil. Nos Programas de Mestrado e Doutorado totalizam mais de 530 as teses e dissertações produzidas pelos alunos formados no IM-UFRJ. O Corpo Docente da pós-graduação inclui pesquisadores de participação ativa em suas áreas de pesquisa contando com o apoio do CNPq, Capes, Faperj e outras agências, através de bolsas e projetos de pesquisa.

    A Pós-Graduação no Instituto de Matemática existe desde 1968, quando foi criado o Programa de Pós-Graduação em Matemática, o mais antigo dos quatro programas hoje existentes a saber: Matemática (Mestrado e Doutorado), Ensino da Matemática (Mestrado), Estatística (Mestrado e Doutorado) e Informática (Mestrado e Informática). Os Programas do Instituto gozam de um bom conceito junto à Comunidade Científica e são reconhecidos nacional e internacionalmente como cursos de excelência na formação de recursos humanos. Este reconhecimento se refletiu, por exemplo, na recente avaliação feita pela CAPES, a qual deu nota 7 ao Programa de Matemática, numa escala que vai de 1 a 7.

    A tradição de se organizar programas de verão já vem de longa data. O programa de verão pretende servir de treinamento básico ao aluno de graduação, facilitar a seleção de nossos alunos de pós-graduação e aproveitar as férias de aulas para ofertar Cursos de aperfeiçoamento dos docentes do nosso estado. Da mesma forma, pretende completar a formação dos alunos mediante apresentação de tópicos que não são cobertos de maneira habitual nos currículo. O programa de verão, também, é uma oportunidade de trazer ao Instituto pesquisadores de prestígio nacional e internacional com os quais o corpo docente mantém colaborações científicas. Historicamente, este programa vem sendo oferecido pela Instituição desde 1972 e compreende atividades de pesquisa, ensino do pós-graduado, divulgação das atividades do IM e cursos de Extensão. Cursos de nivelamento e de pós-graduação são oferecidos para uma média em torno de 150 alunos.

Topo